Revista Time coloca Raoni como um dos favoritos ao Nobel da Paz

0
24

FORUM – A revista estadunidense Time, considerada uma das mais influentes do mundo, divulgou no início desta semana uma matéria em que aponta aqueles que considera os candidatos favoritos para ganhar o Prêmio Nobel da Paz 2019, que será divulgado nesta sexta-feira (9). A publicação listou seis nomes, entre as 301 indicações, sendo 223 pessoas e 78 organizações que estão concorrendo, que teriam mais chances de levar o prêmio, e entre eles está o líder indígena brasileiro cacique Raoni Metuktire.  

Na descrição do perfil do brasileiro, a Time destacou as críticas que Raoni vem fazendo à política ambiental do presidente Jair Bolsonaro. “Como chefe indígena brasileiro, Raoni Metuktire passou a vida protegendo sua casa, a floresta amazônica. Metuktire, 89 anos, viajou para a Cúpula do G7 de 2019 em agosto deste ano para discutir a Amazônia com os líderes mundiais, depois que um aumento nos incêndios destruiu grande parte da floresta tropical. Metuktire criticou o presidente Jair Bolsonaro e sua exploração da Amazônia. Desde sua posse em janeiro deste ano, a taxa de desmatamento aumentou em até 92%, de acordo com imagens de satélite”, diz a publicação.

lém de Raoni, a Time elenca como favoritos para ganhar o prêmio a jovem ativista ambiental sueca, Gretha Thunberg; Abiy Ahmed, atual primeiro-ministro da Etiópia; a primeira-ministra neozelandesa, Jacinda Arden; a organização Repórteres Sem Fronteiras; além do Alto Comissariado da ONU para Refugiados.

Lula 

Apesar de não constar na lista da Time, o ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva é tido como um dos concorrentes de peso ao Prêmio Nobel da Paz. Além de da campanha mundial que levou seu nome a estar entre os indicados, o petista é considerado em inúmeros lugares do globo como um preso político e vem recebendo honrarias importantes às vésperas da premiação, como o título de Cidadão Honorário de Paris.

Além disso, Lula tem o apoio de Adolfo Pérez Esquivel, escritor e ativista de direitos humanos argentino. Esquivel venceu o Nobel da Paz em 1980.

“Não sabemos o que pode ocorrer, mas seria muito importante que fosse outorgado a Lula. Seria o primeiro Prêmio Nobel do Brasil”, destacou o argentino.

Medicina

A temporada do Nobel começou com os prêmios científicos. Os norte-americanos William Kaelin e Gregg Semenza e o britânico Sir Peter Ratcliffe foram anunciados, nesta segunda-feira (7), como vencedores na categoria Medicina.

A pesquisa ganhadora procura entender como as células detectam e se adaptam à disponibilidade de oxigênio. Aplicações derivadas dessas descobertas já estão sendo feitas em tratamentos contra anemia e podem levar a estratégias para tratar alguns tipos de câncer.

O vencedor da categoria de Literatura será conhecido na quinta (10) e na sexta (11) será a vez do Nobel da Paz.