Renan Calheiros diz que “é hora de Dallgnol ser afastado de vez”

0
94

247 – O senador Renan Calheiros (MDB-AL) usou a sua página nas redes sociais para comentar os novos trechos da Vaza Jato revelados pela reportagem do El País desta terça-feira. O senador classificou Deltan Dallagnol e demais procuradores como “maquiavélicos” e disse que o chefe da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba “conspirou” contra um ministro do Supremo e por isso deve ser afastado imediatamente.

“Dallagnol e cia são maquiavélicos. Deltan rodou o chapéu atrás de jabaculê, investigou ilegalmente, perseguiu, manteve relações promíscuas e conspirou – sem competência ou motivo – o impeachment de um juiz do STF. É hora de ele ser afastado de vez”, escreveu Renan.

Em parceria com o The Intercept Brasil, o El País Brasil revelou que procuradores discutiram usar caso de Paulo Preto, operador do PSDB, para reunir munição contra ministro Gilmar Mendes. Diálogos no Telegram mostram o empenho da força-tarefa pelo impeachment do magistrado, numa ação totalmente ilegal.

Renan Calheiros

@renancalheiros

Dallagnol e cia são maquiavélicos. @deltanmb rodou o chapéu atrás de jabaculê, investigou ilegalmente, perseguiu, manteve relações promíscuas e conspirou – sem competência ou motivo – o impeachment de um juiz do STF. É hora de ele ser afastado de vez. https://twitter.com/elpais_brasil/status/1158775037463355392 

EL PAÍS Brasil

@elpais_brasil

EXCLUSIVO | Procuradores da Lava Jato discutiram reunir munição contra ministro Gilmar Mendes. Mensagens enviadas ao @TheInterceptBr mostram o empenho da força-tarefa pelo impeachment do magistrado http://ow.ly/YEJc30pj0W2