Pyong assedia duas mulheres no BBB e vai parar nos TTs

0
26

REVISTA FORUM – Parece mesmo que o machismo e o assédio têm sido as atitudes predominantes na atual edição do Big Brother Brasil.

Depois de Petrix, que foi eliminado e intimado a prestar depoimento à Polícia Civil do Rio de Janeiro, e também de Hadson, Lucas e Prior ficarem com a reputação no chão ao serem flagrados elaborando planos sexistas contra algumas meninas, agora foi a vez de Pyong.

O ilusionista assediou duas colegas de confinamento. Primeiro encostou sua mão na nádega de Flayslane e depois tentou beijar o pescoço de Marcela.

O comportamento dele desagradou o público que assistia pelo Globo Play e o seu nome virou o assunto mais comentado do Brasil no Twitter.

Felipe Neto escreveu: “máscaras caem”. O youtuber já havia falado que havia dentro da casa uma pessoa cujo comportamento seria “caso de polícia”, sem citar nomes. Ele revelou que conhece muito bem um dos participantes do reality e sabe “coisas repugnantes” sobre o indivíduo.

“Tem um(a) participante desse BBB que vocês não vão me ver comentar sobre. Isso acontece porque sei mais do que devia sobre a pessoa, o que me leva a saber coisas do seu íntimo que para mim são repugnantes”, escreveu e prometeu não dizer quem é.

Pyong é casado e sua mulher com Sammy Lee, que está no oitavo mês de gestação. Sammy tem recebido mensagens horríveis em sua rede social por conta do comportamento de seu marido.