Pronto-Socorro 28 de Agosto está sem água desde às 17 horas desta sexta; médicos temem descontrole de infecções

0
167

Desde às 17 horas desta sexta-feira, 12, o Pronto-Socorro 28 de Agosto, unidade de referência de Urgência e Emergência, está sem água.

A consequência é imprevisível. O maior receio dos médicos é com as infeções que podem ser disseminadas. Até que a situação seja normalizada, tudo está parado no PS 28 de Agosto.

Até a edição desta matéria, a Assessoria de Comunicação do PS não informou a causa do problema.

No momento em o PS fica sem abastecimento de água, a higiene de 370 pacientes leitos, que precisam tomar banho, fica precária. Isso que esquecer que enfermeiros, técnicos e médicos precisaram lavar as mãos continuamente.

Com a falta de antibióticos e falta d’água, a possibilidade de morte por infecção é altíssima, admite os médicos do PS.

O abastecimento de água do PS é feito pela própria instituição através da captação de um poço artesiano.