Prefeito de NY diz que Bolsonaro é ‘homofóbico com orgulho’

0
41

PODER 360 – prefeito da cidade de Nova York, Bill de Blasio, voltou a criticar o presidente Jair Bolsonaro. Em sua conta no Twitter, o democrata chamou o líder brasileiro de “homofóbico com orgulho”.

De Blasio respondeu a 1 tweet do New York Daily News que citava uma declaração de Bolsonaro. Nela, o presidente classificou o político norte-americano como “radical”.

Na resposta, Blasio afirmou que os nova-iorquinos são “radicais com orgulho” quando se trata de agir contra alguém que é “homofóbico com orgulho”.

HOMENAGEM HAVIA SIDO CANCELADA

Bolsonaro cancelou viagem a Nova York, nos Estados Unidos, em que participaria de 1 jantar organizado pela Câmara de Comércio Brasil-EUA. Ele seria homenageado como “Pessoa do Ano”.

Uma série de episódios demonstraram a oposição ao evento. Pelo menos 3 empresas patrocinadoras retiraram seus apoios ao serem informadas sobre a participação de Bolsonaro.

Em 13 de abril, Blasio já havia dito que o presidente brasileiro não era bem-vindo à cidade. Chamou-o de racista, homofóbico e destrutivo. “Ele é 1 ser humano muito perigoso”, declarou.

No dia 15 de abril, o Museu Americano de História Natural de Nova York, onde inicialmente a solenidade seria realizada, desistiu de sediar o jantar em resposta à pressão de ativistas e funcionários da instituição.

O evento estava previsto para ser realizado no dia 14 de maio. A viagem seria de 13 e 15 de maio, pois incluiria uma passagem por Miami, também cancelada.

O presidente, então, confirmou que irá para o Texas semana que vem, onde será homenageado.