Mulher é detida ao tentar entrar no Compaj com quase 1 quilo de droga escondida nas partes íntimas

0
212

Uma mulher foi detida neste domingo, 14, com  700 gramas de drogas escondidas nas partes íntimas, ao tentar entrar no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj). Essa foi a maior apreensão registrada pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) nos últimos anos.

O caso superou a antiga marca de 400 gramas de drogas, registrada no ano passado, quando uma mulher foi detida com cerca de 400 gramas de drogas escondidas,  também, nas partes íntimas.

Ainda no Compaj, outra mulher foi impedida de entrarv com 100 gramas de drogas. No sábado (13), os agentes de ressocialização do Centro de Detenção Provisória de Manaus (CDPM 1) flagraram duas mulheres tentando entrar com  com 49 gramas e 154 gramas de entorpecentes, respectivamente, escondidos nas partes íntimas.

Equipes da Coordenadoria do Sistema Prisional (Cosipe) da Seap conduziram as quatro mulheres ao Departamento Integrado de Polícia (DIP) para registro de Boletim de Ocorrência. Entre as medidas administrativas, estão a suspensão e o cancelamento do cadastro de visitantes.