Mulher com microcelular nas partes íntimas é presa ao tentar no Compaj

0
329

 Sete mulheres foram detidas em flagrante neste final de semana por tentarem entrar em unidades prisionais do Estado com materiais proibidos. Uma das visitantes, Telrimar da Silva Costa, tentou entrar no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) com um micro-celular nas partes íntimas que seria entregue ao companheiro dela, o detento Luiz Freitas Veloso, interno no pavilhão 3, ala 1, cela 1 da unidade prisional.

As outras seis mulheres pegas em flagrante tentavam traficar entorpecentes para dentro dos presídios. No total, foram apreendidos quase dois quilos de droga entre sexta-feira (16), sábado (17) e domingo (18).

No domingo (18), na Penitenciária Feminina, uma mulher que visitaria sua irmã foi pega com 75 gramas de entorpecente – também escondidos nas partes íntimas.

Os visitantes flagrados foram encaminhados aos Distritos Integrados de Polícia (DIPs) para os procedimentos cabíveis. Alguns deles, dependendo dos casos, já ficaram detidos e foram levados para o sistema prisional.