Mulher acusada de homicídio no Rio Preto da Eva é presa na BR-174

0
547

Marivani Coutinho Campos, 38 anos, foi presa, domingo, 31, no quilômetro oito da rodovia federal BR-174, em cumprimento a mandado de prisão preventiva, expedido no dia 3 de fevereiro de 2015, pelo juiz da Comarca de Rio Preto da Eva, George Hamilton Lins Barroso.

A prisão ocorreu depois que Marivani teria deixado a cidade de Rio Preto da Eva (AM) após matar Celiane Oliveira de Moraes no dia 6 de janeiro de 2015.

O crime teria sido motivado por ciúmes, após Marivani descobrir um suposto envolvimento amoroso entre o companheiro dela e a vítima. Na ocasião, a jovem foi morta com golpes de faca. O fato aconteceu na madrugada do dia 6 de janeiro de 2015, na Rua Sebastião Nogueira, bairro Morada do Sol, em Rio Preto da Eva.

Marivani foi indiciada por homicídio qualificado e ficará recolhida na carceragem da delegacia de Rio Preto da Eva, onde irá aguardar manifestação da Justiça para que seja transferida para alguma unidade prisional na capital.