Major e tenente da Polícia Militar são presos suspeitos de comandar assalto à agência do Basa em Parintins

0
1081

Informações ainda não confirmadas pela Polícia Militar do Amazonas (Pmam) apontam o que o major PMAM, Bruno Deyvison, comandante do Batalhão em Parintins, e o tenente PMAM Rosário, estariam envolvidos no assalto a uma agência do Banco da Amazônia (Basa).

Os dois oficiais teriam sido trazidos para Manaus e levados para o Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), em Manaus.

O assalto ocorreu domingo, 14, e até o momento foram presos Rafael Fernandes Pinheiro, 29, Ivolney dos Santos, 42, Marcos André da Silva Lima, 29, Hudson Lima Saldanha, 33, e Emerson De Oliveira Soares, 36.

A quadrilha usou equipamento apropriado para abrir um buraco na parede da agência bancária, e de posse do dinheiro foi iniciada a fuga.

A Força Tática da Polícia Militar entrou em ação depois de confirmar o ataque à agência bancária e prendeu três dos cinco envolvidos no porto de Parintins (Fonte/Portal do Zacarias).