Lula desabafa: “não estou preso, sou refém”

0
173

247 – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez nesta quinta-feira (20), um agradecimento especial aos integrantes da Vigília Lula Livre, que mantêm resistência democrática contra a prisão política do ex-presidente desde abril deste ano.

O funcionário do Instituto Lula Marco Aurélio Ribeiro esteve com Lula nesta tarde e afirmou que o ex-presidente pediu para receber visitas de membros da Vigília a agradeceu a mobilização de todos, em especial a relacionada ao Natal.

“Ele disse que cada vez que está ali, ele ouve o bom dia, o boa tarde e o boa noite. Pediu para a gente se reenergizar neste período natalino, que o ano que vem será um período de muita luta, que ele mais precisar muito de vocês”, disse Marco Aurélio, conhecido como Marcola.

Na mensagem lida para os militantes, Lula diz que se há alguém disposto a fazer oposição no Brasil, esse alguém é ele. “Eu não estou preso, eu sou refém. Quem não entendeu isso ainda não entendeu o que está acontecendo comigo”, disse a mensagem do ex-presidente.

“Eu não vou estar sozinho [no período do Natal], eu vou estar com eles”, disse Lula, reafirmando que o ano será de oposição firme ao governo de Jair Bolsonaro. “Se tem uma pessoa disposta  a fazer oposição neste País, é o Lula”.