Ibovespa encerra semana em alta de 0,7%, repercutindo decisão do STF sobre estatais

0
69

PODER 360 – O Ibovespa, principal índice da B3 (Bolsa de Valores de São Paulo), encerrou a 6ª feira (7.jun.2019) em alta de 0,63%, aos 97.821 pontos, repercutindo a decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) na véspera, que deu aval para a venda de subsidiárias por estatais sem a necessidade de autorização pelo Congresso Nacional. O volume financeiro foi de R$ 11,7 bilhões.

Na semana, o índice valorizou-se 0,82%. No pregão, os ativos preferenciais da petrolífera encerraram em alta de 1,83%, negociadas a R$ 26,76, sendo também influenciadas pela cotação do barril de petróleo no mercado internacional.

CÂMBIO

Influenciado pela tramitação da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) da Previdência no Congresso, o dólar norte-americano encerrou o dia cotado a R$ 3,877, em recuo de 0,13%.

Não pesou, na sessão de negócios, as notícias da possibilidade de criação de uma moeda única. De acordo com o presidente Jair Bolsonaro, o ministro da Economia, Paulo Guedes, deu o “1º passo para um sonho de uma moeda única na região do Mercosul, o peso-real”.

Por sua vez, Guedes disse que a eventual criação da moeda única interessa mais aos argentinos.

Ele já havia defendido, em artigo publicado na revista Época em dezembro de 2008, a criação de uma moeda única na América Latina.

O mercado também acompanha, no exterior, a condução da política monetáriapelo Fed (Federal Reserve, banco central dos EUA), que sugeriu, nesta semana, a possibilidade de corte de juros.

MERCADO INTERNACIONAL

Os operadores estrangeiros acompanharam, no dia, o desempenho da economia norte-americana no que diz respeito à criação de postos de trabalho no mês de maio, que foi de 75 mil.

O número veio abaixo da estimativa de analistas, que apostavam em 175 mil. Apesar de não pronunciar-se sobre o tema, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a comentar as alíquotas aplicadas ao México na semana passada.

Pelo Twitter, o republicano afirmou que há uma grande chance do país fazer 1 acordo com o vizinho de fronteira. Entretanto, caso não haja uma resolução da questão, os mexicanos passarão a enfrentar, a partir da próxima 2ª (10.jun), produtos com uma tarifa extra de 5%.

Pelo Twitter, o republicano disse acreditar em 1 acordo entre os 2 países.Reprodução: @realDonaldTrump

Com o posicionamento, o mercado acionário manteve o otimismo. Os índices Dow Jones (1,01%), Nasdaq (1,66%) e S&P500 (1,04%), que compõem a Bolsa de Valores de Nova York (NYSE, na sigla em inglês), encerraram em direção única.

Ainda nesta 6ª, Trump adiou a elevação de sobretaxas sobre alguns produtos importados da China, reforçando o bom humor do mercado.

Já no continente europeu, as bolsas de Frankfurt (0,74%), Londres (1,02%) e Paris (1,62%) encerraram o dia em direção única.