Homem que matou mulher por ciúme em Envira é condenado a 24 anos de reclusão

0
515

O réu José Ernane Monteiro de Souza, em julgamento realizado na Câmara Municipal de Envira, foi condenado a 24 anos de reclusão pelo crime de homicídio qualificado cometido contra Maria José Fernandes de Souza. O crime foi praticado por ciúmes, com requinte de crueldade, enquanto a vítima dormia, ao lado das filhas de 10 e 12 anos.

O julgamento ocorreu, segunda-feira (26), e foi conduzido pelo juiz Ian Andrezzo Dutra. O crime foi cometido na madrugada do dia 30 de junho de 2017, na residência do casal, na rua Cabral França, s/n, bairro de Santa Rita.  Para o Conselho de Sentença, o crime teve como qualificadores apenas o motivo fútil, o meio cruel e a impossibilidade de defesa por parte da vítima.

Conforme os autos, a convivência do casal vinha sendo ameaçada por crises de ciúme do acusado, que suspeitava de infidelidade por parte de Maria José. Na noite anterior ao crime, depois de mais uma discussão, enquanto a vítima preparava o jantar, a filha caçula, de sete anos, viu o pai afiando o terçado e a faca utilizada no crime.

O criminoso esperou que todos dormissem e, valendo-se de um pé de cabra que ficava guardado sob a cama do casal, atingiu a cabeça da vítima, que dormia na outra cama, junto com as filhas mais velhas.