Homem acusado de estuprar filha de 15 anos é preso por matar o filho de dois meses que teve com a adolescente

0
255

A polícia prendeu um homem acusado de estuprar a própria filha e de matar um bebê que teve com ela e que tinha apenas 2 meses de nascido.

O corpo da criança batizada com o nome de Rafael foi encontrado dentro de sua casa na Comunidade do Tarumã-Açu, bairro do Tarumã, Zona Oeste de Manaus.

O acusado que foi espancado por moradores da Comunidade e entregue para uma guarnição da Polícia Militar.

A mãe da criança tem 15 anos de idade e depois da morte do filho denunciou que o pai a estuprava desde os 10 anos e que o bebê encontrado morto era fruto desses abusos sexuais.

A adolescente teria ameaçado denunciar os estupros para a família e seu pai teria decidido matar o bebê para ocultar a prova contra ele.

O corpo da criança foi removido de dentro da casa pela equipe do Instituto Médico Legal logo no começo da manhã deste sábado.

Contra o homem preso pesa também a acusação de ter estuprado a outra filha mais nova, que tem apenas 7 anos de idade.

No seu depoimento, a jovem de 15 anos confirmou que há mais de 5 anos sofria abusos sexuais praticados pelo próprio pai e que Rafael era filho dele.

A outra filha de 7 anos também estuprada pelo próprio pai já está sob a costódia do Conselho Tutelar e na próxima semana deve ser entregue para membros da família.

O corpo do Bebê foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) e o exame de necrópsia deve indicar qual a verdadeira causa da morte.

O acusado é pai de outros cinco filhos menores e, segundo outras informações, a mãe de todas as crianças não vivia mais com ele e sou veio a saber dos estupros das filhas agora com a morte de Rafael.

Segundo informações, o homem vai ser encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM) na tarde deste sábado.

Fonte/Portal do Zacarias