História Wallace Souza será transformado em um documentário de sete partes da Netflix

0
105

Matéria publicada com exclusividade pela DEADLINE, segunda-feira, dia 06, divulgou que a história do apresentador de TV brasileiro que virou político, Wallace Souza, que foi acusado de encomendar assassinatos para exibir no seu programa de televisão, será transformado em um documentário de sete partes da Netflix

Souza ficou famoso como apresentador do Canal Livre, um programa de TV em Manaus, a cidade remota e sem lei cercada por floresta no coração da Amazônia brasileira.

O show foi um sucesso, mas sua reputação foi prejudicada quando foi alegado que Souza só conseguiu chegar primeiro a certas cenas de crime, porque ele mesmo havia ordenado os assassinatos.

Seu ex-guarda-costas, o ex-policial militar Moacir Jorge Pereira da Costa, conhecido como “Moa”, o acusou de ser o chefe de uma organização criminosa.

Em outubro de 2009, ele foi acusado de homicídio, tráfico de drogas, intimidação de testemunhas, porte ilegal de armas e formação de um criminoso e foi expulso (cassado) da assembléia estadual.

Depois que o mandado de prisão foi emitido, ele desapareceu, mas depois se entregou antes de morrer de um ataque cardíaco no ano seguinte.

A equipe por trás da Killer Ratings reuniu uma enorme quantidade de informações sobre o caso, incluindo entrevistas exclusivas com pessoas dentro do Canal Livre, parentes próximos, amigos, policiais e membros da força-tarefa policial, bem como filmagens inéditas de Souza filmadas no meio do escândalo.

Veja publicação original na íntegra, aqui