Flanelinha é espancado até a morte em Vila Velha

0
99

Catraca Livre – Wallace Rufino Brumana, de 31 anos, morador de rua que trabalhava como flanelinha em Vila Velha, morreu devido a inúmeras lesões e fraturas. Os ferimentos são o resultado de um espancamento que aconteceu na madrugada da sexta-feira, 19.

Segundo a reportagem da “Gazeta Online”, o autor da agressão disse que o morador de rua havia roubado o seu celular.

“O pessoal que estava lá ficou pedindo para o homem parar de bater, mas ele não parou. Todos ficaram com medo de tentar impedi-lo porque ele estava visivelmente fora de si”, disse uma testemunha.

O autor do crime, Paulo Roberto Gratz, foi preso. “Estava todo mundo bêbado. Eu nem bati de mão fechada no cara, eu dei tapa no cara, ele infartou. Não foi culpa minha”, disse Gratz ao G1.