Em Lábrea, ambulante mata o filho com um tiro no peito

0
369
Um incêndio de proporções ainda incalculáveis atingiu, no começo da noite deste domingo (2), o Museu Nacional do Rio de Janeiro, na Quinta da Boa Vista, em São Cristóvão, na zona norte da capital fluminense

O vendedor ambulante, José Raimundo de Lima Braga, 42 matou Jeferson dos Santos Braga, 21, com um tiro no peito disparado com uma espingarda  calibre 20 às 7h da manhã desta segunda-feira, 3, no município de Lábrea.

De acordo com o 2º sargento Roselias, lotado na 4ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) de Lábrea, Jefferson era filho do ambulante. O crime aconteceu na rua Valter Pires, bairro da Fonte, no momento que a vítima chegava de uma noitada supostamente sob efeito alcoólico.

Alterado, o pai tentou acalmar o filho que, segundo versão não oficial, partiu para a agressão com uma faca de cozinha. A reação do pai foi  imediata e antes de ser  furado disparou no peito do filho.

 

José Raimundo tentou fugir, mas foi preso em flagrante por policiais da Polícia Militar. O comandante da 4ª CIPM, tenente Orlando Santos apresentou pessoalmente o vendedor ambulante Jà 6ª Delegacia Interativa de Polícia Civil de Lábrea (DIPCL) para ser realizado procedimento de flagrante delito.