Decreto de Bolsonaro libera compra de fuzil por qualquer cidadão

0
74

247 – O decreto do presidente Jair Bolsonaro que flexibiliza o porte e posse de armas no país, possibilitará que qualquer cidadão possa comprar um fuzil, graças a nova classificação estabelecida pelo governo. A informação é do G1.

De acordo com o decreto, o cidadão pode ter até quatro vezes o valor do poder de fogo de armas que podem ser adquiridas pelos civis. Com isso, a nova classificação inclui o fuzil T4, uma arma usada por forças táticas militares e produzida no Brasil pela empresa Taurus.

Em reportagem do Jornal Nacional, a Taurus confirmou que só espera a regulamentação do decreto para vender o fuzil para civis e afirmar ter uma fila de duas mil pessoas querendo comprar o armamento na versão semi-automática. A empresa garante que as armas poderão ser entregues em até três dias depois da compra.

Antes, brasileiros só podiam comprar armas com energia cinética até 407 joules, equivalente a revólveres de calibres 32 e 38, e pistolas de calibre 380.

Com o decreto, Bolsonaro elevou o limite para armas com 1.620 joules, ou seja, quatro vezes mais do que é estabelecido atualmente. Com isso, armas autorizadas apenas para forças policiais, como as pistolas nove milímetros (de uso de policiais federais) e de calibre 45 (empregado pelos militares do Exército), passam a ser permitidas para qualquer cidadão.

O T4, por exemplo, é de calibre 5.56, com 1.320 joules de força cinética.