Buraco de quase dois metros de profundidade é localizado na cela 5 do pavilhão 1 do Compaj

0
26

Um buraco de 1,50 metros de profundidade e 60 centímetros de diâmetro, segundo informação da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), foi localizado na manhã desta quinta-feira,13,  no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj).

O buraco, supostamente cavado para fuga detentos, foi localizado  durante revista de rotina  na cela 5, da ala 1 do Pavilhão 1, daquela unidade prisonal. O  estava encoberto por um colchonete.

No local foram encontrados vários sacos com os barros e uma pá.  Durante a inspeção foram apreendidos sete aparelhos celulares e 23 estoques (ferros pontiagudos). Todos os objetos apreendidos nas celas da unidade foram apresentados no 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP) para as medidas cabíveis.