Bolsonaro fica amedrontado e ataca Lula: “momentaneamente solto”

0
23

247 – Jair Bolsonaro acusou o golpe. Amedrontado pela libertação de Lula, reagiu na manhã deste sábado como seu comportamento padrão: um ataque violento. Num tweet às 9h34, escreveu: “Não dê munição ao canalha, que momentaneamente está livre, mas carregado de culpa”. Em seguida, postou outro, quase idêntico, com um erro grave de português: afirmou ter iniciado “a poucos meses” – e não há poucos meses – o processo de recuperação da economia que, no entanto, afunda sem parar.

O tweet foi replicado minutos depois por Carlos Bolsonaro, o operador das mídias sociais do pai, o que torna impossível saber se o autor foi originalmente Jair ou o filho. “Calma, cambada de bandido, o Brasil não é de vocês! Comemorem, criminosos! Estão liquidados política e criminalmente! O Brasil [usou um ícone da bandeira] vai dar certo!”

Veja os tweets

Jair M. Bolsonaro

@jairbolsonaro

Iniciamos a poucos meses a nova fase de recuperação do Brasil e não é um processo rápido, mas avançamos com fatos. Não dê munição ao canalha, que momentaneamente está livre, mas carregado de culpa.

– BRASIL ACIMA DE TUDO!
– DEUS ACIMA DE TODOS!

.YouTube: http://youtu.be/M7N0rF40brE

Carlos Bolsonaro

@CarlosBolsonaro

Vídeo de ontem sobre o caso do corrupto preso e o trabalho do Ministro @SF_Moro em frente aos trabalhos da Lava-Jato e Ministério da Justiça! Calma, cambada de bandido, o Brasil não é de vocês! Comemorem, criminosos! Estão liqüidados política e criminalmente! O 🇧🇷vai dar certo! https://twitter.com/jairbolsonaro/status/1193129840679047169 

O  clã Bolsonaro ficou em silêncio no dia da decisão do STF que, quinta-feira (7) derrubou a prescrição inconstitucional da prisão após julgamento em segunda instância e restabeleceu o princípio da presunção da inocência.

Na sexta, houve uma reação atabalhoada. Jair Bolsonaro demonstrou irritação com a comentarista política da Globo News, Naturza Nery, que o chamou de “ex-presidente”.

Veja