Bolsonarista Xico Graziano comemora a morte de Paulo Henrique Amorim

0
285

247 – Autodenominado como “agrônomo, agroambientalista, escritor, democrata”, Xico Graziano usou a sua página no Twitter para comemorar a morte do jornalista Paulo Henrique Amorim, que faleceu na manhã desta quarta-feira (10) aos 77 anos após um infarto no Rio de Janeiro.  a

“Quando morre um canalha me lembro das aulas de catecismo, em que o padre falava sobre o Céu e o Inferno. Aquilo me impressionava. Fazer o bem, ser cristão, em suma, era a receita para entrar na porta iluminada. Senão, o Diabo nos esperava na escuridão. Onde baterá a alma de PHA?”, escreveu o ex-tucano que deixou o PSDB para apior Jair Bolsonaro.

O também jornalista Luis Nassif rebateu: “Dentre todos os bolsonaristas, nenhum é mais abjeto, que Xico Graziano. Ele tem a coragem das figuras menores das torcidas organizadas, que procuram o apoio dos grandões para linchar os adversários e  praticar a crueldade sem riscos”.

Xico Graziano

@xicograziano

Quando morre um canalha me lembro das aulas de catecismo, em que o padre falava sobre o Céu e o Inferno. Aquilo me impressionava. Fazer o bem, ser cristão, em suma, era a receita para entrar na porta iluminada. Senão, o Diabo nos esperava na escuridão. Onde baterá a alma de PHA?