Bolsa fecha com queda de 1,98%; dólar tem alta de 0,83%

0
92

A Bolsa de Valores fechou esta sexta-feira (12) com baixa de 1,98%, com 92.875 pontos. Na abertura do mercado, a Bolsa registrava 94.682 pontos. Logo caiu para baixo dos 93.500 pontos, em seguida retomou o fôlego mas, no início da tarde, registrou forte queda e não se recuperou até seu fechamento. O dólar comercial fechou em alta de 0,835%, valendo R$ 3,8892.

Um dos responsáveis pela queda na bolsa foi o desempenho da Petrobras. A estatal registrou queda de 8,54% após o presidente Jair Bolsonaro determinar a suspensão do aumento do diesel. O presidente disse que quer entender os motivos do reajuste de 5,7% no combustível.

“Eu não vou ser intervencionista, não vou praticar a política que fizeram no passado, mas eu quero os números da Petrobras. Tanto é que na terça-feira convoquei todos da Petrobras para me esclarecer porque 5,7% de reajuste, quando a inflação projetada para este ano está abaixo de 5%. Só isso, mais nada. Se me convencerem, tudo bem”, disse o presidente hoje, em Macapá.

Apesar de negar que está intervindo nos preços, o mercado costuma reagir mal quando o governo interfere diretamente em uma estatal competitiva como a Petrobras. As ações da empresa iniciaram o dia valendo R$ 30,23; chegaram a valer R$ 30,52, mas encerraram o dia valendo R$ 29,13.

A maior alta foi registrada pela JBS. Suas ações tiveram alta de 4,44% e encerraram o dia valendo R$ 17,64.