Após vazamento de nota de Ali Kamel, Carluxo solta novo tweet atacando a emissora

0
46
O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) foi às redes sociais nesta segunda-feira (4) para novamente atacar a rede Globo pela reportagem do Jornal Nacional sobre o suposto envolvimento de Jair Bolsonaro (PSL) no assassinato de Marielle Franco e Anderson Gomes. Revoltado, Carluxo reclamou das acusações de ter agido ilegalmente ao acessar as gravações da portaria do condomínio Vivendas da Barra, onde seu pai e Ronnie Lessa são vizinhos.
“A GROBO estranhamente acessa a documentos escolhidos de forma SELETIVA NA JUSTIÇA EM PROCESSO EM SEGREDO, então vou à administração do MEU CONDOMÍNIO e desmascaro a farsa, aí tentam colar que eu que burlo a justiça. Esses caras seguem a dieta do catraca livre com exagero!”, escreveu o filho do presidente.
Tuíte de Carlos Bolsonaro veio pouco tempo depois do vazamento de uma carta do diretor de jornalismo da Globo, Ali Kamel, aos demais jornalistas da emissora. Nela, Kamel diz ter orgulho da apuração jornalística do caso de Marielle Franco que envolve o presidente. “Seguiremos fazendo jornalismo, em busca da verdade. É a nossa missão. Para nós, é motivo de orgulho. Para outros, de irritação e medo”, afirmou o diretor.
Kamel ainda conta que o advogado de Bolsonaro, Frederick Wassef, teria sonegado a informação sobre o áudio na portaria do condomínio com gravação que seria de Ronnie Lessa autorizando a entrada do ex-PM Elcio Queiroz no dia do assassinato de Marielle.

Carlos Bolsonaro

@CarlosBolsonaro

A GROBO estranhamente acessa a documentos escolhidos de forma SELETIVA NA JUSTIÇA EM PROCESSO EM SEGREDO, então vou à administração do MEU CONDOMÍNIO e desmascaro a farsa, aí tentam colar que eu que burlo a justiça. Esses caras seguem a dieta do catraca livre com exagero!